Blog - Recicla Ecológica

"O laço essencial que nos une é que todos habitamos este pequeno planeta. Todos respiramos o mesmo ar. Todos nos preocupamos com o futuro dos nossos filhos. E todos somos mortais."
John Kennedy

Ultimas Postagens

Como fazer coleta seletiva

Coleta Seletiva: o que é? Coleta seletiva é...


Quando mudar é necessário!

Em uma galáxia onde há bilhões de estrelas e...


Corrupção nossa do dia a dia

Silenciosamente, todos dias, pessoas são tomadas...


Triste história por trás do lixo

História por trás do lixo: Ilha das Flores Os...


O lixo que vira arte

O lixo sempre visto como problema, muitas vezes...


Lixo Hospitalar

Hospital de forma paradoxal pode ser sinônimo de...


O projeto TRASHed: Art of Recycling

Criatividade com as lixeiras toma conta de...


Dia de Praia

Fim de semana na praia : tudo de bom! Já na...


Lixo Espacial

Os hábitos do ser humano em relação ao lixo...


Descuido com água e poluição dos rios

A água é um elemento essencial para vida,...


20 motivos para começar a reciclar seu lixo!

Primeiro fato sobre a reciclagem, é que a mesma...


A Tecnologia e o Lixo

O problema do lixo é um problema real e que...


Passeio com consciência

Passeios em sua maioria das vezes são sempre...


Todmordemem a Cidade Sustentável

Diante de tantas adversidades em relação ao...


Instrumentos de materias recicláveis

A reciclagem de lixo é sempre vista com desdém...


Triste história por trás do lixo

Triste história por trás do lixo

História por trás do lixo: Ilha das Flores Os produtos que consumimos sejam quais forem percorrem um longo caminho desde sua feitura até seu destino final especialmente se falarmos em termos de orgânicos ou embalagens que os envolvem. Alimentos depois de consumidos tem sempre resíduos que podem, ou melhor, devem ir para lugares competentes.

Igualmente produtos de plástico, papel papelão, isopor, entre outros que são recicláveis devem caminhar para outros destinos já que depois de algum tempo este produto se torna inviável para uso. Devido à alta rotatividade dos produtos e consumo exagerado muito do que se compra acaba na lixeira. Mas será que o lixo é o fim para tudo que se joga fora? Denomina-se lixo todo resíduo produzido por atividade humana e ele pode ser classificado em alguns grupos como: orgânicos, inorgânicos, tóxicos e muito tóxicos. Orgânico é tudo aquilo que foi vivo seja de origem vegetal ou animal. Os inorgânicos podem ser recicláveis ou não, como: plásticos, metais, vidros , papel, papelão , isopor , matéria, fibras diversas entre outros.

Os tóxicos e muitos tóxicos são altamente perigosos para o meio ambiente e para a saúde de animais e vegetais por conter metais pesados que quando liberados no ambiente são altamente nocivos. Nessa categoria temos pilhas, lâmpadas, tintas, lixos hospitalares, acessórios de computadores, celulares, etc. Dai a separação do lixo ser sumamente importante, pois cada grupo deve ser depositado de maneira que não prejudique os seres vivos e o meio ambiente. Aqui nesse artigo vamos falar especificamente dos lixos orgânicos- restos de alimentos que são jogados fora e muitas vezes desperdiçados. Como este tipo de lixo contém muitos tipos de vermes, responsáveis por diversas doenças ele deve ser depositado em lugares distantes das localidades habitadas justamente para evitar contaminações.

Mas ha já um bom numero de pessoas que usam lixo orgânico para produzir adubo em pequena ou larga escala. Vale lembrar um exemplo de como se usar ainda o lixo orgânico criar animais como se faz na Ilhas das Flores localidade que fica próxima da cidade de Porto Alegre no Rio Grande do Sul . A Ilha das Flores fica distante de Porto Alegre é cercado de agua mas não é uma ilha e nem tem flores nem é bonito como o nome sugere. Lá tem muito lixo, e no meio desse lixo tem o alimento que foi julgado ruim para consumo.

Por causa disso o local atraiu investidores que compraram terrenos para criar porcos que ficam cercados para que eles não possam sair e ninguém possa entrar. Ou seja, o local fica isolado e quando o lixo é despejado é feita uma separação do que pode ainda ser consumido do que realmente será descartado como improprio . O donos dos porcos separam os alimentos que são viáveis para a alimentação dos animais e muita gente pobre que habita o local fica esperando para pegar os restos dos alimentos que foram rejeitados. Depois desse processo o dono do terreno abre as cercas e deixa que algumas poucas pessoas entrem .

Criancas Fome

Essas pessoas têm poucos minutos para pegar o que foi rejeitado para a alimentação do porco. O alimento que foi plantado, colhido, vendido no supermercado e julgado como impróprio por você, e depois impróprio para o porco, está agora disponível para os seres humanos da Ilha das Flores. “ As diferenças entre os seres humanos e os porcos são basicamente o telencéfalo altamente desenvolvido com o polegar opositor, o porco não tem nem um polegar, muito menos é opositor, mas o porco tem um dono. ’’ (Documentário: Ilha das flores). Os seres humanos da Ilha das Flores não têm dinheiro, elas não têm um dono. O que coloca os seres humanos da Ilha das Flores depois dos porcos na escolha de alimentos é o fato de não terem dinheiro e um dono.

ilha das flores
fonte: ilha das flores

O ser humano se diferencia dos outros animais por um cérebro altamente desenvolvido, um polegar opositor e por ser livre. Livre é o estado daquele que tem liberdade. Liberdade é uma palavra que o sonho humano alimenta que não há ninguém que explique e ninguém que não entenda’’. (Documentário: Ilha das Flores- clique aqui ) Esta é uma história ácida que mostra como a economia gera desigualdade entre os seres humanos colocando alguns até mesmo abaixo de porcos. Uma grande lição a ser seguida. Aprender a olhar para o próximo com compaixão e começar a pensar como seus atos cotidianos que passam despercebidos podem influenciam a vidas de outras pessoas. Lembrando que tudo que se joga fora pode servir para outros.

Referências: Documentário Ilha das Flores
Link: https://www.youtube.com/watch?v=e7sD6mdXUyg

Compartilhe!

Comentários

Subir